Ir para o conteúdo

Glicério - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Glicério - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social WhatsApp
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
04
04 OUT 2021
CDHU ALERTA PARA GOLPE DO BOLETO DE COBRANÇA FALSO
enviar para um amigo
receba notícias
A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), órgão ligado à Secretaria de Estado da Habitação, alerta para a ação de golpistas que entram em contato com mutuários pelo WhatsApp para fazer cobranças falsas e oferecer acordos para saldar dívidas.

Os estelionatários se fazem passar por funcionário da CDHU, oferecem negociação da dívida com grandes descontos e enviam os boletos falsos pelo WhatsApp ou por e-mail que não pertence à CDHU. Os endereços de e-mail oficiais da CDHU terminam sempre com @cdhu.sp.gov.br ou @apoiocdhu.sp.gov.br. A empresa não usa e-mail público (gmail, hotmail, ig e outros).

Para enganar os mutuários, os fraudadores afirmam que estão enviando a mensagem pelo aplicativo porque os postos presenciais da CDHU estão fechados e a Central de Atendimento Alô CDHU (0800) está inoperante por conta da pandemia. Vale ressaltar que a Central de Atendimento nunca deixou de funcionar durante todo período de pandemia e os escritórios regionais possuem regras especificas de atendimento presencial, em respeito às leis locais, e isso está informado no site da CDHU, entretanto, estão permanentemente disponíveis pelos telefones regionais e e-mail institucional.

Com isso, reforçamos ao mutuário que a CDHU não negocia nem envia boletos por WhatsApp; não solicita qualquer tipo de depósito ou transferência bancária ou PIX para pagamento de boletos ou quitação de débitos; e seus boletos são emitidos apenas pela Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, cujos códigos de barras iniciam com 104 ou 001.

Outra orientação é conferir sempre o nome do titular e o endereço do imóvel impressos no boleto. Em caso de dúvida, consulte apenas os canais oficiais, como o site http://www.cdhu.sp.gov.br ou ligue para o Alô CDHU: 0800 000 2348, que está operando normalmente. Para consultas presenciais o mutuário pode procurar um dos Postos do Poupatempo, onde o atendimento está funcionando.

A CDHU comunica que está tomando todas as providencias necessárias para coibir a ação destes golpistas. As famílias contatadas estão sendo orientadas a fazer Boletim de Ocorrência, independentemente de terem efetuado ou não pagamentos.
Fonte: http://cdhu.sp.gov.br/-/cdhu-alerta-para-golpe-do-boleto-de-cobranca-falso-pelo-whatsa-1
Seta
Versão do Sistema: 3.2.7 - 04/10/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia